Soncent

Soncent

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Encontro em 1º grau

Ontem saí tardíssimo do trabalho e quando cheguei a casa, havia uma pomba na minha varanda. Levei um susto, estava tão imóvel que ainda pensei que se tivesse deixado morrer de pé.

Aproximei-me devagar e ela, em vez de levantar voo, rodou o pescoço gordinho na minha direcção e olhou-me nos olhos tão longa e profundamente, que senti que estávamos a ter uma verdadeira empatia intra animal.

Depois, para meu espanto e estupor, ela levantou uma das asas, como que para fazer adeus, mexeu-a duas vezes e voou noite dentro.

4 comentários:

Benvindo Chantre Neves disse...

Bo ca confundi Pomba ke coruja,nem?

Hahahahaha

Isa disse...

nice

Leonardo B. disse...

[por palavras, é pouco... revela pouco do muito que sentiu nesse momento, não é verdade?]

um imenso abraço, Soncent

Leonardo B.

Margarida disse...

Que história deliciosa :) Também quero um "encontro" assim!