Soncent

Soncent

terça-feira, 16 de junho de 2009

Fora da lei

Eu não sei abandonar
Talvez
Nem parar de amar
De vez

Eu não sei esquecer
Assim
Não sei passar a dizer
Enfim!

Não sei chorar
Uma vez só
Não sei clamar
Sem voz

Não sei reclamar
Sem guerra
Não sei respirar
Pela guelra

Não sei ser apática
E fina
Não sei ser simpática
E boa menina

Tantas coisas
Não sei
Só sei da minha sina
Amar-te,
E ser fora da lei.

18 de Junho de 2006

2 comentários:

Anónimo disse...

mt bonito

Eileen disse...

Obrigada. Boa surpresa!