Soncent

Soncent

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Conselheiro sentimental

Veja porque não se deve encarregar um homem de dar conselhos e orientações sentimentais nas revistas femininas...

Caro Roberto,Espero que possa me ajudar.Peguei meu carro e saí pra trabalhar, deixando meu marido em casa vendo televisão, como sempre. Rodei pouco mais de 1km quando o motor morreu e o carro parou.

Voltei pra casa, para pedir ajuda ao meu marido.Quando cheguei, nem pude acreditar, ele estava no quarto, com a filha da vizinha!Eu tenho 32 anos, meu marido 34, e a garota 22.
Estamos casados há 10 anos, ele confessou que eles estavam tendo um caso há 6 meses.Eu o amo muito e estou desesperada.
Você pode me ajudar?Antecipadamente grata.
Patrícia

RESPOSTA:

Cara Patrícia

Quando um carro pára, depois de haver percorrido uma pequena distância, isso pode ter ocorrido devido a uma série de factores. Comece por verificar se tem gasolina no tanque. Depois veja se o filtro de gasolina não está entupido. Verifique também se tem algum problema com a injecção eletrônica.

Se nada disso resolver o problema, pode ser que a própria bomba de gasolina esteja com defeito, não proporcionando quantidade ou pressão suficiente nos injetores.Espero ter ajudado.

Roberto

Recebido por e-mail

5 comentários:

José Eduardo Fonseca Soares disse...

(hahaha) Pedir conselhos amorosos a um mecânico... não podia dar melhor resultado!

Eileen disse...

Tchá, não acho que ele fosse mecânico... acho que isso é uma caricatuira de como a mente masculina funciona: reparou só nos detalhes práticos da questão...

José Eduardo Fonseca Soares disse...

Era um ironia, essa do mecânico, claro! Quanto ao funcionar da mente masculina, apetece dizer: "Kês ke sons!!!"

Eileen disse...

Ups, sorê lá. Quanto a ess "Kels que sons" (oh que expressão sabe e maluca!), conclui-se que és sensível, compreensivo e cheio de empatia?

José Eduardo Fonseca Soares disse...

Em princípio! (hahaha)