Soncent

Soncent

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Uhau!?

Achei louvável que o suplemento de A Semana Uhau! (nº 3) tivesse escolhido como tema de capa, as embaixadoras em Cabo Verde, mas fiquei com imensa pena de um tema tão interessante ter sido prejudicado pela falta de cuidado óbvia: a todas foram feitas as mesmíssimas perguntas, algumas das quais fraquíssimas, do género: "O que define uma carreira com tanto sucesso de uma bela mulher?" A todas foi dito "Nota-se que é uma mulher vaidosa e de muito bom gosto. Sempre foi assim?"

O descuido foi tal, que na página 11, depois da entrevista à embaixadora do Brasil, sobrou um texto que estava, claro, nas perguntas submetidas por escrito, e que diz assim: "Pode passar a sua ficha técnica: qual o nome completo, idade, estado civil, nome do seu marido, nome e idade filhos, onde moram, lugar de nascimento, grau dentro da carreira diplomática, países onde trabalhou antes."

Onde está o trabalho de se investigar o background das senhoras, para se fazerem perguntas pertinentes? Porque é que se vai ter com embaixadoras que em princípio são mulheres inteligentes e cultas, e as perguntas passam muito mais por "Que perfume? Que jóia?, Que compras?" em vez de Que pensa...? Como avalia...? "Que faria se...?"

7 comentários:

Caboverdiano disse...

Eileen, bem analisado.
É o estado do nosso "panfletismo".
Abraço!

José Eduardo Fonseca Soares disse...

Bem visto, Eileen. Ficou-me a mesma sensação. E por mais que se tente compreender que era uma entrevista em série... há coisas que são específicas a cada uma. E mais, nota-se por trás (nas entrelinhas das perguntas) um certo preconceito do tipo: "São capazes, inteligentes... mas são mulheres". Upgrade precisa-se.

Redy Wilson Lima disse...

bem visto.

Catarina disse...

também achei mesmo muito ridículo... temos cada vez mais mulheres importantes, influentes em cargos de destaque e o que é que um@ jornalista faz perante isto??? Será que faria essas perguntas aos embaixadores???

Eileen disse...

Sabes Catarina, aos embaixadores, não sei, mas essa tendência notou-se desde o início, poque a Filomena Martins e o Marco lá nos contaram, para a nossa felicidade, que perfumes e jóias e cuidados têm com a sua beleza...

Anónimo disse...

Porqué deixar de fora as nossas diplomatas? Temos tantas... espalhadas um pouco pelo mundo. Na embaixada de Cabo Verde em Portugal, na Italia, Belgica...mas também com questões tão beras, se calhar não valia o telefonema internacional.Soncent Atent

Arsénio disse...

Por isso o nome do suplemento é Uhau!?
Revista cor de rosa.