Soncent

Soncent

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Psst, entre silêncios

Fui reconciliar-me com Paris, andei a pé até à Eiffel do costume, bom tempo, poucos passeios porque de trabalho se tratava.


Cá, dou uma saltada a Soncent, dou um abraço ao JB, morre o maravilhoso compositor Manel de Novas, um verdadeiro património. Tantas mornas tão, tão bonitas...


Soncent mais quente do que a Praia, verde, com betumes rasgados pela acção das águas, até quando esta situação?


Ainda em Soncent, vou à galeria do Xand, que maravilha de lugar, um sítio para se beber excelente vinho, uma decoração inspiradissíma, entre candeeiros orientais, madeira escura, pormenores pensados ao detalhe e com amor.


Oiço Halo, da Beyoncé, cai-me bem.

4 comentários:

Leonardo B. disse...

Olá, minha cara

que bom encontrá-la de bem com o mundo... encomendei o seu livro há um bom tempo e ainda estou aqui sentado!

vou tentar de novo, daqui a uns dias!

tudo de bom,
um abraço

Leonardo B.
Bizarril
Portugal

Eileen disse...

Olá Leonardo. Se o livro demorar muito mais, diga-me que haveremos de ver outras possibilidades.
Um grande abraço!

Anónimo disse...

Huummm, além de menina "Boa", frequentas lugares "bons" e só te relacionas com gente "boa". Tchin tchin, avec champagne fraçais. huummmm quee booom!

Sofia Fonseca disse...

Atelier do xand :)

Porque é q nao abre um lugar igual na praia :(

Adorei :)